0

Ex-piloto de motocross fatura R$ 16 mi com rede de fondues

  • separator
  • comentários

Ele já foi piloto de motocross, criou uma rede de bancas de jornal que lembravam espaçonaves e hoje comanda uma rede de franquias que espera faturar R$ 16 milhões em 2015. Esse é apenas um pequeno resumo da trajetória de Wallace Tonon, que após abandonar as pistas comanda a rede Showcolate, composta por quiosques que vendem fondues de chocolate em shoppings.

Capacitação aumenta a produtividade no varejo e franchising

Apaixonado por motos, Wallace resolveu investir na carreira de piloto de motocross quando completou 15 anos. Nos seis anos seguintes, o jovem disputou competições profissionais nos âmbitos estadual e nacional. Ao mesmo tempo, ele abriu uma rede de cachorro-quente que funcionava em shoppings e chegou a ter quatro unidades em Belo Horizonte.

Wallace Tonon criou rede de franquias após observar vendedor de fondue na frente de uma feira de móveis em Belo Horizonte
Wallace Tonon criou rede de franquias após observar vendedor de fondue na frente de uma feira de móveis em Belo Horizonte
Foto: Divulgação

Porém, sua trajetória nas pistas foi interrompida após sofrer uma grave queda e quebrar os dois braços durante uma competição disputada em São Paulo, em 1989. “O que mais me doeu não foi o acidente, mas a forma como me descartaram enquanto estava me recuperando. Perdi patrocínio, fiquei sem meu salário de piloto e acabei me desiludindo com o motocross”, lembra.

Além dos problemas como piloto, Wallace também passou a enfrentar dificuldades com sua rede. Além de não conseguir tocar o negócio enquanto se recuperava do acidente, a empresa passou a sofrer forte concorrência com a chegada das vans que vendiam o cachorro-quente a preços muito mais baixos. “Eu tinha custos altos, pois estava em um shopping, enquanto essas pessoas passaram a vender informalmente na rua por R$ 1”, diz.

Percebendo as dificuldades da empresa, um de seus gerentes pediu demissão para investir em uma banca de jornal. Wallace se interessou pela iniciativa. Porém, ciente da concorrência no setor, ele sabia que não adiantaria investir em uma banca convencional. “Todas as revistas são iguais e têm o preço tabelado. Eu precisava criar um atrativo. Então conheci um arquiteto lunático e pedi para ele desenhar como seria uma banca em 2020. O resultado foi a space box, que parecia um nave espacial”, recorda.

Além do visual inovador, o empresário também apostou na variedade de títulos, que era superior a mil, e na possibilidade de os clientes lerem as publicações inteiras no local sem precisarem pagar. “Eu aluguei um espaço sob a escada rolante do shopping, onde ninguém queria, mas era o que eu podia pagar. Porém, graças aos meus diferenciais, o negócio deu certo e virou franquia, chegando a 56 unidades.”

Criada em 2003, rede de quiosques comercializa fondue de chocolate em shoppings
Criada em 2003, rede de quiosques comercializa fondue de chocolate em shoppings
Foto: Divulgação

Willy Wonka brasileiro
Buscando uma vida mais tranquila, Wallace se desfez do negócio no final dos anos 1990. No entanto, a vontade de empreender falou mais alto durante um passeio em uma feira de móveis em Belo Horizonte. Em meio a tantas opções de mobília, o empresário viu uma oportunidade de investimento em um carrinho que vendia chocolate com frutas na porta do evento.

Para testar o apelo do produto, Wallace voltou para casa e recorreu à própria filha para fazer o teste. “Sempre gostei de chocolate, mas o que me motivou foi a percepção da oportunidade. Quando minha filha disse que era gostoso, eu já imaginava o negócio funcionando dentro de um shopping”, afirma.

E foi exatamente isso o que aconteceu em dezembro de 2003, quando o empresário criou a Showcolate, rede de quiosques especializada na venda de fondue de chocolates em shoppings. “Logo no primeiro mês recebi uma série de pessoas interessadas em se franquear. Acredito que o grande atrativo foi uma máquina que criei inspirado no filme ‘A Fantástica Fábrica de Chocolate’, responsável por movimentar o doce em forma de cascata.”

Atualmente, a Showcolate conta com 47 unidades em sete estados do Brasil, além possuir quiosques em outros países, como Estados Unidos. “A cascata ajudou a atrair muita gente no início. Mas nosso grande desafio foi quando a novidade passou. Um negócio só consegue se perpetuar como marca se houver investimento em produtos de qualidade, profissionalismo e treinamento, e foi o que fizemos”, conclui.

Fonte: PrimaPagina

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade