publicidade
19 de março de 2012 • 15h37

SP: parque Playcenter fechará as portas em julho

Parque de SP reabrirá com outra proposta no primeiro semestre de 2013
Foto: Ricardo Matsukawa/Terra
 

O parque de diversões Playcenter, localizado em São Paulo, vai fechar no dia 29 de julho, de acordo com informações da assessoria de imprensa do parque. O local está em funcionamento há 40 anos. Conforme a assessoria, o fechamento ocorre por causa de uma mudança estratégica nos planos da empresa, que pretende continuar no ramo do entretenimento, mas com uma proposta voltada para crianças menores.

O novo projeto, que será construído no mesmo lugar do Playcenter, contará com investimentos de cerca de R$ 40 milhões entre pesquisas, projetos, instalações, atrações, start-up operacional e marketing. As atrações devem incluir trem fantasma com dispositivos interativos, cinema com tecnologia 4D e carrosséis. A inauguração do novo parque, que receberá no máximo 4.500 pessoas por dia, está prevista para o primeiro semestre de 2013, segundo a assessoria.

"Esse novo conceito de parque é resultado de um longo trabalho realizado nos últimos anos, baseado em pesquisas que apontaram que na cidade de São Paulo há uma carência de espaços onde os pais possam brincar e interagir junto com seus filhos", afirmou o Grupo Playcenter em nota. Segundo a empresa, o novo conceito pode ser levado a outras capitais do País.

O parque de diversões está situado em uma área de 85 mil metros quadrados, na marginal Tietê, e recebe anualmente cerca de 1,5 milhão de visitantes, segundo informações da empresa. Atualmente, o parque abre ao público em geral apenas aos sábados e domingos, das 11h às 19h, com preços de R$ 49,90 para jovens e adultos, R$ 32 para crianças entre três e dez anos, e R$ 23,95 para estudantes e professores da rede pública.

Terra