1 evento ao vivo

Site viabiliza publicação de livros pelos próprios autores

21 nov 2012
08h45

As maiores queixas dos autores são a dificuldade de entrar no mercado editorial e os elevados custos que a publicação de um livro acarreta. Ao enfrentar esses mesmos problemas, Ricardo Almeida, Índio Brasileiro e Anderson de Andrade resolveram se juntar e criar uma solução. Assim, nasceu em maio de 2009 o Clube de Autores, um site que viabiliza a publicação de livros.

O Clube de Autores viabiliza publicação de livros pelos próprios autores e promove encontros, bate-papos e eventos para esse público. A empresa esteve participou, por exemplo, da Festa Literária Internacional de Paraty deste ano
O Clube de Autores viabiliza publicação de livros pelos próprios autores e promove encontros, bate-papos e eventos para esse público. A empresa esteve participou, por exemplo, da Festa Literária Internacional de Paraty deste ano
Foto: Divulgação



Segundo o diretor-presidente do Clube de Autores, Ricardo Almeida, antes do surgimento da empresa as ferramentas tecnológicas não eram condizentes com o momento do mercado editorial. "O autor precisava conseguir o patrocínio de um editor ou pagar do próprio bolso para publicar seu livro. Esse sistema, dentro da era de tecnologia que vivemos, não fazia sentido para nós", conta.

Como funciona
Para que o autor consiga publicar seu livro, ele deve entrar no site e se cadastrar. Depois, poderá definir as características estéticas e optar entre e-book ou impresso. É nesse processo que a taxa de direitos autorais é definida por ele mesmo. Após o download, o livro é publicado de forma gratuita no site.

"Quem quiser comprar o e-book pode fazer o download imediato. Se o comprador optar pelo impresso, o pedido vai para uma gráfica filiada a nós, que faz todo o processo de impressão e acabamento e envia para o leitor", explica Ricardo. Os direitos autorais são recolhidos e todo o processo pode ser acompanhado pelo autor.

Preço
O preço do livro impresso é estabelecido em um acordo entre o autor, o Clube de Autores e a gráfica. Tanto para os impressos como para o e-book é cobrada ainda uma taxa administrativa de manutenção.

Segundo Ricardo, o autor tem pleno controle sobre o preço da obra. "Nós trabalhamos com o autor estabelecendo em reais quanto quer ganhar justamente para fugir de um modelo de precificação de um processo que não valoriza a parte mais importante, o autor", pondera.

Em pouco mais de três anos de existência, o site contabiliza quase 200 mil exemplares vendidos e 16 mil títulos publicados. De acordo com Ricardo, os livros que fazem mais sucesso são os relacionados a negócios e poesia. "O fator sazonal também influencia bastante. Percebemos que em épocas de concurso acaba havendo um boom de vendas de livros do tema", conta.

Projetos
Foi da necessidade de fazer uma curadoria temática que surgiu o projeto White Label, em que o Clube dos Autores faz parceria com editoras especializadas. O Clube entra com a plataforma do site e a editora associada com o marketing, o apoio e a assinatura.

Os sócios também vêm se empenhando para aproximar cada vez mais o público dos autores. "Estamos atuando em eventos que foquem no autor, uma espécie de bate-papo, sempre trabalhando maneiras diferentes do autor se divulgar para ampliar seu espaço", diz Ricardo.

Entre os planos de expansão do Clube dos Autores para 2013 e 2014 estão a ampliação das parcerias com editoras especializadas, criando novos white labels, e o aumento da oferta de serviços de apoio para os autores, como revisões e personalização capas.

















Fonte: Cross Content

compartilhe

publicidade
publicidade