publicidade
26 de julho de 2012 • 08h13

Saiba a importância de missão, valores e visão para uma PME

É importante que a empresa se paute por valores, e esses devem ser coerentes com as necessidades de clientes, funcionários e fornecedores
Foto: Dreamstime / Terra
 

Da mesma forma que para viver em sociedade precisamos de valores estabelecidos, tais como honestidade e ética, com uma empresa não é diferente. Ela deve se pautar em valores coerentes com as necessidades de clientes, funcionários e fornecedores, e que levem em conta o bem da sociedade como um todo. "A definição de missão, valores e visão como pilares de sustentação são importantes para que haja uma maior liderança e qualidade no produto ou serviço prestada", aponta João Paulo Paes de Barros Boyadjian, gestor de talentos da consultoria HR Ecellence Group. Segundo ele, a importância desses preceitos é igual tanto para grandes quanto para pequenas empresas.



João Paulo explica que o conjunto de crenças e princípios que dão sustentação a uma empresa é chamado de identidade organizacional. A missão representa o que a empresa faz e para quem. O enunciado deve ser formado por uma declaração curta do propósito e das responsabilidades da empresa. Os valores são princípios que regem o comportamento e a atitude dos colaboradores. Isso deve estar alinhado com a missão, e levar em conta também a visão corporativa. Já a visão deve transmitir a aspiração, ou seja, aonde a empresa quer chegar, e a inspiração para aqueles que vão participar dessa construção.



Para João Paulo, esses princípios devem servir de apoio e consulta sempre que alguém da empresa estiver em dúvida sobre o que fazer, ou sobre como fazer algo.



Incorporando os conceitos no dia a dia de uma PME

Segundo o professor da Escola Superior de Marketing e Propaganda de São Paulo (ESPM-SP) José Eduardo Balian, essa é uma questão que deve começar a ser definida desde a formação societária. Ele acredita que os sócios precisam ter os mesmos valores e objetivos. "Não adianta o empreendedor certinho, cheio de princípios, se associar a um que não vê problema em fazer coisas erradas. Os valores devem sempre estar alinhados", diz.



Marcos Assi, professor da Trevisan Escola de Negócios, de São Paulo, diz que missão, valor e visão precisam ser estabelecidos no começo da empresa, mas devem ser aprimorados com as mudanças e evoluções do negócio. Segundo ele, se o empreendedor deixa de estabelecer seus princípios por se considerar pequeno, corre o risco de continuar assim. "Quando os pequenos entendem que são eles que prestam serviço para os grandes, eles crescem e deixam de ser pequenos", analisa.



Como fazer

Embora haja consultorias especializadas em auxiliar empresas na tarefa de construir ou rever sua identidade organizacional, o próprio empreendedor, com ajuda de sua equipe, pode definir esses princípios.



"Dá para o empresário fazer isso sem a necessidade de grandes investimentos", conta José. "Existe muito material sobre o assunto e os donos das pequenas empresas podem contar com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae)."



Para que os objetivos e metas da empresa fiquem claros, é essencial que haja divulgação dentro da organização. Marcos explica que dividir os conceitos com a equipe cria um diferencial. "O contato próximo e a transparência nas relações deve sempre existir, inclusive para mostrar aos funcionários que, se a empresa não vai bem, todos vão mal", diz.

Cross Content