1 evento ao vivo

Por substância cancerígena, Anvisa proíbe venda de lote de pipoca

24 out 2013
13h08
atualizado às 13h10
  • separator
  • comentários

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e venda do Lote 123 do produto Pipoca Nacional, da marca Brasileira. O motivo é o excesso de aflatoxina, substância que, se consumida em grande quantidade, tem potencial tóxico. A determinação está em resolução da Anvisa publicada na edição de hoje (24) do Diário Oficial da União.

O lote suspenso tem data de fabricação de 1°de abril de 2013 e vencimento em 1° de março de 2014. O teor de aflatoxinas, superior ao limite máximo permitido, foi constatado em laudo emitido pelo Instituto Octávio Magalhães, da Fundação Ezequiel Dias, de Minas Gerais.

As aflatoxinas são um grupo de micotoxinas produzidas por muitas das espécies do fungo Aspergillus. As substâncias são tóxicas e podem causar câncer em seres humanos e animais.

O Terra tentou contato com a fabricante, mas não obteve resposta.

Agência Brasil Agência Brasil

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade