0

Parques no exterior atraem turistas com filhos pequenos

17 dez 2013
07h17
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Viajar em família é um desafio para pais de crianças menores, principalmente quando o destino é algum país do exterior. Neste sentido, buscar a diversão para a família inteira tem sido um dos principais objetivos dos brasileiros que compram pacotes de viagem para fora do país. Segundo Susan Rangel, do departamento de produtos internacionais da Visual Turismo, os lugares mais procurados são aqueles com parques temáticos, como a Disney em Orlando, na Flórida. Para a agência Master Turismo, todos os destinos que envolvam parques temáticos ou aquáticos são prioridade na escolha, com destaque também para a Europa e a Eurodisney, em Paris.

Resorts caribenhos como os de Cancun, Aruba e República Dominicana, oferecem diversas opções de entretenimento para adultos e crianças e também são bastante visados pelas famílias. De acordo com o site de viagens Resorts Online, a maioria dos lugares oferece acomodações com espaços de lazer como piscinas, salas de jogos, spas e ambientes exclusivos para crianças. Susan explica ainda que alguns resorts oferecem serviços de tutoria para que os filhos se divirtam sem a necessidade do cuidado integral dos pais. 

A média de preço dos pacotes para uma família de dois adultos e duas crianças para uma semana é de R$20.000, com serviços variados, como passagem aérea, estadia, aluguel de carro, ingresso para os parques e café da manhã. As agências recomendam que os pais levem cerca de U$150 por dia para cada criança, levando em conta possíveis gastos inesperados da viagem.

Permissão para viajar
É preciso ficar atento às exigências legais antes de viajar com os pequenos. Quando acompanhados de ambos os pais ou responsável, não é necessário nenhum tipo de autorização. No caso de crianças e adolescentes de 0 a 17 anos em viagem para o exterior na companhia de um dos pais ou acompanhado de terceiros, é preciso reconhecimento de firma, com a autorização de ambos os genitores ou do responsável em cartório. Ela deve ser em duas vias originais e ter um prazo de validade estipulado por quem autoriza, caso contrário poderá se estender por dois anos, de acordo com o Poder Judiciário da União.

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade