0

Países de idioma inglês são mais procurados para intercâmbio

5 dez 2013
07h32
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As férias de verão se aproximam e, com elas, aumenta a procura de muitos brasileiros  por experiência e conhecimento no exterior. Países de língua inglesa como Canadá, Estados Unidos, Inglaterra, Irlanda, Austrália e África do Sul são os destinos mais procurados pelos estudantes, segundo as agências Egali Intercâmbio e IE - Intercâmbio no Exterior. A demanda de aprendizado da língua é o que motiva esses jovens. 

Os valores dos pacotes variam de R$ 3.500 a R$ 11.500 para 30 dias. As agências oferecem acomodação em casa de família e curso de língua estrangeira. Algumas já incluem as passagens ou a alimentação (de duas a três refeições), dependendo do destino, mas recomendam que o estudante reserve de US$ 500 a US$ 1 mil, ou de R$1.200 a R$ 2.400 reais para cada mês de intercâmbio. É importante que o intercambista avalie seu próprio perfil na hora de calcular os gastos: compras e entretenimento devem ser levados em consideração, pois podem pesar no orçamento.

Estados Unidos e Canadá
Segundo o presidente da IE - Intercâmbio no Exterior, Patrick Guimarães, a busca por trabalho e estudo varia entre os países norte-americanos. O Canadá é o preferido entre os estudantes que querem aprender inglês de forma mais barata e apresenta mais facilidade em relação ao visto, já que não é necessário ir pessoalmente ao consulado fazer a entrevista, que pode ser feita via despachante, conforme destaca Guimarães. Já os Estados Unidos são o país mais procurado por universitários que desejam trabalhar e conhecer o lugar no período das férias. As cidades mais procuradas são Vancouver, no Canadá, e Nova York, nos Estados Unidos.

Troca de moeda
É recomendável que o estudante troque a moeda antes de embarcar, ainda no Brasil, e, de preferência, em períodos de tempo intercalados, como explica Guimarães: “O Brasil tem vivido relações de câmbio muito intensas. Recomendamos que a pessoa se planeje com antecedência e compre o dinheiro em datas diferentes. Se comprar um pouco a cada mês, ela dilui o risco de comprar em um momento mais alto”. Assim, será possível encontrar um câmbio médio mais em conta para trocar o dinheiro. 

Quanto aos cartões internacionais, a forma mais em conta para fazer compras no exterior são os cartões pré-pagos, que, uma vez carregados, não ficam sujeitos a variação cambial, diferentemente dos cartões de crédito. Outra vantagem do pré-pago é o IOF de 0,38%, enquanto os cartões de créditos comuns cobram 6,38%.

Alguns países exigem que o estudante comprove condições de se manter financeiramente, seja com dinheiro ou cartão de crédito. A Egali Intercâmbio ressalta que, no momento de chegada, é necessário declarar uma determinada quantia ao oficial da Imigração, que varia de acordo com o local: para Estados Unidos e Canadá, por exemplo, US$ 500, enquanto para Inglaterra e Irlanda são 800 libras e 800 euros, respectivamente. 

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade