5 eventos ao vivo

Brasil é segundo país que mais cobra impostos em 12 produtos

8 ago 2013
07h18
atualizado às 07h18
  • separator
  • 0
  • comentários

O Brasil lidera a lista de países com mais impostos cobrados sobre seis produtos de uma série de itens básicos e especiais analisados em 22 países. A pesquisa desenvolvida pela rede de contabilidade e consultoria UHY indica que o País cobra, em média, 28,7% de impostos sobre o preço final. Do total de 12 itens analisados, fica em segundo, atrás apenas da Índia, com 38%.

Atrás apenas da Índia (64,6%), o Brasil é o segundo país que mais cobra tributos sobre a garrafa de vinho. Aqui, 44,3% do valor é imposto, o dobro da média mundial. Reino Unido, Irlanda e China também estão no topo da lista. O setor vitivinícola brasileiro reclama do alto valor, que dificulta a competitividade com países vizinhos como Argentina ou Uruguai, onde as taxas são metade das cobradas aqui.
Atrás apenas da Índia (64,6%), o Brasil é o segundo país que mais cobra tributos sobre a garrafa de vinho. Aqui, 44,3% do valor é imposto, o dobro da média mundial. Reino Unido, Irlanda e China também estão no topo da lista. O setor vitivinícola brasileiro reclama do alto valor, que dificulta a competitividade com países vizinhos como Argentina ou Uruguai, onde as taxas são metade das cobradas aqui.
Foto: Shutterstock

A pesquisa analisou os tributos indiretos que incidem sobre os produtos, tais como ICMS, PIS, Cofins e IPI. Tablet, chocolate, refeição em restaurante, conta de luz, jornal e roupa infantil são taxados mais no Brasil do que em qualquer outro lugar. China, Eslováquia e Romênia aparecem com bastante frequência no topo da lista. Confira, na galeria de fotos, os países que mais cobram impostos em 12 produtos estudados.

Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade