0

Agropecuária movimenta transações entre Brasil e Rússia

27 nov 2013
07h31
  • separator
  • 0
  • comentários

Maior parceiro comercial da Rússia na América Latina, o Brasil tem no setor agropecuário a principal fonte de produtos exportados para o país. É dele que veio a quase totalidade dos US$ 2,5 bilhões (R$ 5,73 bilhões) gerados pelas vendas aos russos em 2013. Já os fertilizantes, cujo destino é também a agricultura, são os mais importados pelo Brasil, seguidos de minerais e metais. Até outubro deste ano, o país trouxe da Rússia mais de US$ 2,1 bilhões (R$ 4,81 bilhões) em produtos.

Recentemente, o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, e o chanceler brasileiro, Luiz Alberto Figueiredo, reuniram-se para discutir as relações bilaterais e aprofundar a "associação estratégica" entre os dois países. De acordo com a Agência Brasil, Lavrov disse que ambos planejam "cumprir os acordos dos presidentes para aumentar em um futuro próximo o volume de vendas até US$ 10 bilhões".

Os índices de importação obtidos até agora são levemente maiores que os do mesmo período de 2012. No entanto, os de exportação estão abaixo do referente a outubro do ano passado. Desde que o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) começou o levantamento, em 1997, o ano de 2008 foi o mais significativo para as transações entre os dois países, registrando o ápice tanto de compra quanto de vendas, em dólares. Por outro lado, o ano seguinte registrou grande queda nas importações e exportações - atingindo o mais baixo índice dos últimos seis anos. Em 2011, registrou-se uma importante ascensão.

É interessante o fato de setores em que o Brasil é forte exportador não se destacarem na Rússia. Calçados, artefatos têxteis e automóveis têm pouca entrada no país. Os dois primeiros encontram a China como grande concorrente. Na galeria acima, confira quais são os produtos que mais movimentam as transações entre Brasil e Rússia.

Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra Cartola - Agência de Conteúdo - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade