0

Obama conclama empresários a ajudar na luta contra a crise

13 fev 2009
16h04

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta sexta-feira que está de "portas abertas" para receber os empresários americanos no combate ao efeitos da crise financeira sobre a economia do país. Segundo ele, governo e setor privado podem, juntos, liderar os EUA durante os tempos difíceis e fazer com a nação ressurja mais forte.

Além de defender seu pacote de estímulo à economia perante um conselho de empresários, Obama afirmou que, apesar do papel do governo durante a crise, não deixará de lado a importância que a livre iniciativa de negócios tem nos Estados Unidos.

Segundo ele, nem durante a Grande Depressão, de 1930, o presidente à época, Franklin Roosevelt, descartou a importância da liberdade econômica para o país. Pregando responsabilidade fiscal, Obama afirmou que o governo deve tirar do setor privado a lição de cortar custos desnecessários e, desta forma, avaliar seus próprios programas que não estão cumprindo sua função.

» Entenda a crise do crédito
» Opine sobre a crise nos mercados financeiros

Fonte: Invertia Invertia
publicidade