1 evento ao vivo

"Não quero danificar a floresta por um filme", diz Cameron

26 mar 2010
18h58
atualizado às 21h49
Cláudia Andrade
Direto de Manaus

O diretor do sucesso Avatar, James Cameron, chegou nesta sexta-feira a Manaus, para participar do Fórum Internacional de Sustentabilidade. Após acompanhar a palestra de outra estrela do evento, o ex-vice-presidente dos Estados Unidos e prêmio Nobel da Paz, Al Gore, o cineasta foi questionado sobre a possibilidade de produzir a sequência do filme na Amazônia brasileira.

James Cameron explica porque não pretende filmar na floresta Amazônica
James Cameron explica porque não pretende filmar na floresta Amazônica
Foto: Gustavo Scatena / Especial para Terra

"Fizemos todo o filme em computador, em uma sala vazia. Não queremos levar toda uma equipe para dentro da floresta", disse Cameron. "Vamos fazer outro Avatar, mas será como o primeiro, que foi produzido em estúdios na Nova Zelândia e em Los Angeles. A floresta que vocês veem no filme é toda gerada em computador, porque não queremos danificar uma floresta virgem pra fazer um filme".

O questionamento surgiu a partir do anúncio feito pelo governador do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB), que afirmou que tentaria convencer o convidado a filmar na parte brasileira da floresta. "O Cameron já manifestou na mídia internacional a intenção de filmar na Amazônia da Venezuela. Não custa nada tentar fazer com que ele se sensibilize para fazer parte do filme, ou quem sabe tudo, na nossa Amazônia", disse o governador à reportagem do Terra , antes do evento.

O governador reafirmou seus planos na abertura do Fórum, nesta sexta. E a campanha gerou até uma pergunta para Al Gore, sobre um eventual apoio à 'candidatura' brasileira para sede do filme com o maior sucesso de bilheteria da história.

A resposta do prêmio Nobel foi diplomática: "Onde quer que ele resolva filmar, eu serei a favor", disse, ressaltando que a contribuição do filme para a conscientização ambiental é "uma conquista espetacular".

O filme já ultrapassou a marca dos US$ 2,5 bilhões (cerca de R$ 4,5 bilhões) de bilheteria, quebrando recordes. É a história da população de Pandora para proteger o meio em que vivem da exploração de um raro minério existente em seu habitat.

Palestra

A palestra de Cameron amanhã no Fórum de Sustentabilidade terá como tema: "Como e porque sensibilizar a sociedade para a importância e urgência da conservação da Amazônia: a experiência pessoal de um cineasta".

O diretor de cinema antecipou um pouco do que a plateia deverá acompanhar amanhã. "Estou aqui para fazer algumas observações sobre o que eu acredito que são os principais desafios para todos nós, em nível global. Esta é minha primeira vez no Brasil, então só posso falar de maneira limitada, mas vou tentar direcionar meus comentários para a experiência brasileira".

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade