2 eventos ao vivo

MG: construtora adquire terreno para maior edifício da América Latina

6 nov 2012
08h29
  • separator

A construtora PHV Engenharia comprou um terreno de 15 mil m² para construção do maior edifício da América Latina, em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, segundo confirmou Bernardo Farkasvölgyi, diretor do escritório de arquitetura Farkasvölgyi, parceiro da PHV e responsável pela obra. O investimento no terreno, que fica no bairro de Santa Efigênia, foi de cerca de R$ 13 milhões. As negociações para a compra foram encerradas na segunda quinzena de outubro.

Segundo Bernardo Farkasvölgyi, autor do projeto do edifício, outro terreno de cerca de 15 mil m² está sendo negociado para completar a área de 30 mil m², necessária para a construção. Apesar de não divulgar o valor do terreno para não atrapalhar as negociações, Farkasvölgyi afirmou que o preço deve ser parecido com o pago no primeiro.

De acordo com ele, a parceria entre o escritório de arquitetura Farkasvölgyi e a PHV Engenharia já está dando andamento ao projeto da construção, mas aguarda a liberação da prefeitura para o início do projeto. A expectativa é de que a obra inicie em 2014.

O prédio, chamado de Complexo Andradas, terá 350 m de altura e 85 andares, de acordo com informações da assessoria de imprensa do escritório de arquitetura Farkasvölgyi. Há dois investidores nacionais e dois internacionais analisando a entrada no projeto. O investimento previsto é de R$ 2 bilhões e o tempo previsto para conclusão da obra é de dez anos, conforme a assessoria.

O projeto faz parte de um conjunto de empreendimentos com arena poliesportiva, hotéis e vai ocupar uma área localizada ao longo do rio Arrudas, que corta parte do centro da capital mineira. Atualmente o edifício mais alto da cidade é a torre A do Conjunto JK ,com 36 andares e 100 m de altura, construído em 1963 pelo arquiteto Oscar Niemayer.

Prédio terá 350 m de altura e 85 andares
Prédio terá 350 m de altura e 85 andares
Foto: Divulgação

Veja também:

Bolsonaro fala em 'cartão vermelho' para quem sugere congelar aposentadorias e enterra Renda Brasil
Fonte: Terra
publicidade