0

IBGE: Brasil tem 2,8 milhões de trabalhadores não remunerados

21 set 2012
06h45

O Brasil tem 2,8 milhões de pessoas que trabalham sem remuneração, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad 2011), divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse contingente representa 3% da população ocupada com mais de 15 anos de idade. Comparado a 2009, a proporção de trabalhadores não remunerados caiu. Naquele ano, essa parcela era responsável por 4,4% do total de ocupados no mercado de trabalho.

Cimar Azeredo, um dos coordenadores da pesquisa, explicou que o trabalho sem remuneração não inclui dados referentes a trabalho escravo. Segundo ele, a maior parte desse contingente trabalha num negócio da própria família ou para alguém mais próximo, e não recebe nada por isso.

A Pnad mostra ainda que 61,3% do contingente de ocupados é formado pela massa de empregados, ou seja, subordinados a algum comando. Ao todo, havia 56,7 milhões de empregados, dos quais 80,2% no setor privado, e o restante no público.

Já os trabalhadores por conta própria representam 21,2% do total, enquanto os empregados domésticos significam 7,1% daqueles que estão ocupados no mercado de trabalho. Outros 3,4% são formados pelos empregadores.

Fonte: Terra
publicidade