Economia

publicidade
14 de fevereiro de 2013 • 12h08 • atualizado em 04 de Dezembro de 2013 às 16h06

Forbes: sem-teto vira milionária em menos de dois anos

Dani morava em seu carro e trabalhava como garçonete, tendo dívidas que chegavam a US$ 37 mil

Dani Johnson ficou milionária vendendo produtos para emagrecimento
Foto: Getty Images
 

A americana Dani Johnson passou de sem-teto e viciada em cocaína a milionária em apenas dois anos, segundo perfil publicado nesta quinta-feira na revista Forbes. A história passa por abuso sexual e maus-tratos na infância até uma tentativa de suicídio. De acordo com a revista, Dani morava em seu carro e trabalhava como garçonete, tendo dívidas que chegavam a US$ 37 mil, quando teve a ideia de vender produtos para emagrecimento e ficou milionária em menos de dois anos.

Segundo a revista, ela começou a utilizar cocaína na véspera de Natal de 1990. Dani afirmou que após isso passou a odiar a droga e após chegar a tentar suicídio, decidiu dar outro rumo à vida. Ela precisava de cerca de US$ 4.500 anuais para pagar um aluguel, e seu salário como garçonete não possibilitava isso. Foi quando surgiu a ideia, no banco traseiro do seu carro. Ela afirma que viu um produto para emagrecimento que havia comprado há muito tempo, mas que pouco tinha utilizado, e decidiu ir atrás para verificar como vendê-lo.

Dani ligou na companhia que fabricava o produto e verificou o que seria necessário. Ela percebeu que o principal fator que lhe faltava para começar a empreender era dinheiro. Além disso, ela precisava de um número telefônico para que as pessoas pudessem entrar em contato com ela. Dani conversou com uma pequena empresa de telecomunicações e obteve um número após enviar um cheque de US$ 15.

Ela disse que colocou flyers sobre o programa de emagrecimento que vendia nos Correios e pouco tempo depois recebeu 25 mensagens. Logo no primeiro mês, ela afirma ter recebido 40 cheques, totalizando US$ 4 mil. Dani então ligou para o fabricante e passou o endereço de uma loja de bebidas para que enviassem os produtos. Seguindo com este trabalho, ela conseguiu levantar US$ 250 mil apenas no primeiro ano de trabalho e um ano depois já havia se tornado milionária. Ela abriu 18 centros de perda de peso em todo o país e em 1996 vendeu a empresa virando multimilionária.

Terra