4 eventos ao vivo

Fluxo cambial tem pior resultado do ano em outubro, aponta BC

6 nov 2013
13h53
  • separator
  • 0
  • comentários

As saídas de dólares do País superam as entradas em US$ 6,2 bilhões (cerca de R$ 14,1 bilhões) , em outubro, de acordo com dados do Banco Central (BC) divulgados nesta quarta-feira. Esse foi o quinto mês seguido em que o saldo do fluxo cambial ficou negativo. Em setembro, o déficit ficou em US$ 2,058 bilhões. O saldo negativo de outubro foi o maior desde dezembro de 2012, quando o déficit ficou em US$ 6,755 bilhões.

No mês passado, os resultados negativo vieram tanto do fluxo financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações), com US$ 5,137 bilhões, quanto do comercial (operações de câmbio relacionadas a exportações e importações), que ficou em US$ 1,063 bilhão. No primeiro dia útil de novembro, o saldo ficou positivo em US$ 660 milhões.

Em outubro, as operações de adiantamento sobre contrato de câmbio (ACC) chegaram a US$ 2,727 bilhões. Os pagamentos antecipados ficaram em US$ 4,965 bilhões. Esses valores estão incluídos nas exportações, que totalizaram US$ 19,314 bilhões. As importações ficaram em US$ 20,378 bilhões.

De janeiro a 1º de novembro, o fluxo cambial ficou negativo em US$ 5,361 bilhões. Nesse período, o segmento financeiro foi o responsável pelas saídas de dólares superarem as entradas no País. O saldo negativo ficou em US$ 14,465 bilhões. O fluxo comercial ficou positivo em US$ 9,104 bilhões.

O BC também informou que a posição de câmbio dos bancos ficou vendida (apostaram na queda do dólar) em US$ 12,289 bilhões.

Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade