1 evento ao vivo

Dólar cai a R$ 3,86 com notícia de delação de Delcídio

Mercado leu positivamente a notícia de que o senador teria revelado interferência da presidente Dilma na Lava Jato

3 mar 2016
11h28
atualizado às 11h34
  • separator
  • comentários

O dólar opera em queda nesta quinta-feira (3) impulsionado pela leitura positiva da notícia de que o senador Delcídio do Amaral revelou em depoimento que a presidente Dilma Rousseff tentou interferir na Operação Lava Jato, segundo informações da revista Isto É. Delcídio prestou depoimento à PF (Polícia Federal) antes de ser solto em fevereiro.

Dólar desceu na mínima de R$ 3,9349 nesta manhã
Dólar desceu na mínima de R$ 3,9349 nesta manhã
Foto: Pixabay / O Financista

De acordo com a publicação, a presidente teria conversado com auxiliares e nomeado para o STJ (Superior Tribunal de Justiça) ministros que seriam favoráveis às teses dos advogados dos acusados. A iniciativa teria como objetivo ajudar empreiteiras e políticos alvos da força-tarefa.

Delcídio afirmou ainda que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também atuou para ajudar um dos investigados pela operação. Lula teria sido o articulador do encontro entre Delcídio e Bernardo Cerveró, o filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. A gravação do encontro teria desencadeado a prisão do senador em dezembro.

A avaliação dos agentes de mercado é de que as denúncias envolvendo Dilma Rousseff aumentem as chances de um impeachment da presidente.

Neste contexto, o dólar à vista tinha queda de 0,94%, cotado a R$ 3,8614, após ter descido na mínima de R$ 3,9349 nesta manhã.

O Financista Todos os direitos reservados

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade