5 eventos ao vivo

Dia das Crianças: anúncio "erotizado" gera polêmica na web

Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) recebeu cerca de 100 reclamações e instaurou processo administrativo

16 out 2013
12h18
atualizado às 12h53
  • separator
  • 0
  • comentários
<p>Cerca de 100 pessoas fizeram denúncias contra propaganda da empresa no Conar</p>
Cerca de 100 pessoas fizeram denúncias contra propaganda da empresa no Conar
Foto: Reprodução

A campanha do Dia das Crianças da marca de bolsas e sapatos Couro Fino, de Fortaleza (CE), gerou polêmica nas redes sociais por mostrar uma menina maquiada, usando bolsas e sapatos de adultos e em poses erotizadas, o que provocou a manifestação dos usuários com críticas à marca. A peça foi veiculada no último sábado, dia 12.

Até a manhã desta quarta-feira, o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) afirmou que havia recebido cerca de 100 reclamações e havia instaurado processo administrativo contra a empresa. Segundo a assessoria de imprensa do conselho, o relator que irá acompanhar o processo já foi designado e poderá fazer um pedido para suspensão liminar (em caráter provisório) das peças. Embora o órgão não tenha poder de polícia para exigir a suspensão, as determinações costumam ser acatadas pelas empresas. O julgamento do processo deverá ocorrer  em novembro.

A propaganda fere o art. 37, seção 11, do Código de Autorregulamentação Publicitára, que prevê que “crianças e adolescentes não deverão figurar como modelos publicitários em anúncio que promova o consumo de quaisquer bens e serviços incompatíveis com sua condição, tais como armas de fogo, bebidas alcoólicas, cigarros, fogos de artifício e loterias, e todos os demais igualmente afetados por restrição legal”.

Na sua página no Facebook, a marca afirmou que o banner buscava homenagear “uma data tão importante no calendário nacional” e que por uma interpretação distorcida da real intenção da empresa causou "desconforto" nas redes sociais. A empresa pediu que os usuários não compartilhassem a imagem e se desculpou pelo que chamou de “lamentável acontecimento”.

 
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade