publicidade
03 de maio de 2013 • 16h16

Confira dicas de como aproveitar o feirão da Caixa

 

A Caixa Econômica Federal realiza a partir desta sexta-feira o 9ª Feirão Caixa da Casa Própria, que passará por treze cidades do País. O evento começa por São Paulo e Fortaleza. Segundo especialistas, o feirão disponibiliza uma grande oportunidade para quem procura uma casa própria, já que algumas construtoras baixam os preços e facilitam os financiamentos. Contudo, fica a dica mais importante é que o comprador deve visitar o imóvel antes de fechar a compra.

» Confira os locais e datas do feirão da casa própria da Caixa

"A visita é fundamental. A gente nunca sugere que a compra seja feita sem a visita. O comprador pode ir visitar o imóvel e no dia seguinte voltar ao feirão para fechar o negócio", afirma Flávio Prando, vice-presidente de habitação econômica do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP).

De acordo com Prando, o comprador tem de lembrar que não está adquirindo apenas o imóvel, mas também sua localização. "Quando se compra o imóvel, adquire-se também a vizinhança. Temos de saber se o local tem muita sujeira, se tem boa acessibilidade a escolas, postos de saúde, se o trânsito é bom. O reconhecimento da região é fundamental".

Outro ponto importante é ter cautela quanto à capacidade para pagar o financiamento. Segundo Guilherme Sartori Testa, advogado especialista em direito imobiliário do escritório Carvalho, Testa & Antoniazi Advogados, o banco utiliza a alienação fiduciária como garantia, o que permite que o imóvel seja recuperado de maneira mais rápida, extrajudicial.

"A alienação fiduciária funciona assim: o que a pessoa adquire não é a propriedade do imóvel, mas sim a expectativa de ser dono quando acabar de quitar o financiamento. Se o comprador, por exemplo, contrata o crédito para comprar o apartamento e não consegue quitar, o banco, ou qualquer que seja o credor, consegue retomar extrajudicialmente o imóvel e levá-lo a leilão. O comprador tem que ter cuidado com as taxas de correção para saber quanto ele vai pagar no imóvel e, assim, ter a certeza da capacidade de pagamento", aconselha Testa.

O vice-presidente do Secovi-SP alerta para que a pessoa que queira adquirir um imóvel não se empolgue com a chance do financiamento no leilão. "É fundamental fazer uma planilha com as alternativas de compra. É importante que a pessoa vá até o estande da Caixa para fazer uma pré-avaliação e visualizar a capacidade de financiamento. Sabendo o quanto se pode financiar, o comprador pode separar os imóveis que geram alternativas viáveis."

Imóveis pré-avaliados são vantagem do feirão
O fato de a Caixa realizar uma pré-avaliação dos imóveis antes de coloca-los à venda no feirão é a principal vantagem do evento, segundo o advogado Guilherme Testa. Ele afirma que essa seleção prévia dos empreendimentos evita os cuidados que têm de ser tomados em negociações feitas entre pessoas físicas. "Posso dizer que qualquer imóvel que tenha alguma questão judicial pendente não estará no feirão. O banco não vai aprovar o financiamento para algum imóvel, por exemplo, que tenha alguma dívida de condomínio ou de IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial Territorial Urbana)".

Para o Secovi-SP, a Caixa separar as ofertas no feirão por região é uma vantagem, pois o comprador pode ir diretamente no estande que possui imóveis no local que conhece e deseja morar. "O que facilita muito o interessado em imóveis é que (o feirão) é separado por regiões da cidade. A grande vantagem é essa: concentrar, de uma maneira organizada, empreendimentos por regiões de São Paulo e Grande SP".

"Por o feirão apresentar várias ofertas, fica clara uma discrepância de preço em uma mesma região, o que facilita para o comprador", avalia Testa.

Feirão da Caixa
O Feirão da Caixa será realizado entre os dias 3 de maio e 16 de junho, começando neste final de semana pelas cidades de São Paulo e Fortaleza. De acordo com a Caixa, cerca de 1,4 mil construtoras participarão do evento, com aproximadamente 400 mil imóveis ofertados ao longo dos quatro finais de semana.

Segundo o banco, quem adquirir o financiamento imobiliário no período do feirão, poderá começar a pagar a primeira prestação em janeiro de 2014 - condição válida para financiamentos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

Para requerer o crédito para casa própria no feirão, é necessário levar documento de identidade, CPF e comprovante de renda. Os interessados podem obter informações pelo serviço de atendimento por meio do telefone 0800-726-0101. O comprador ainda pode fazer simulações do crédito imobiliário por meio do site www.caixa.gov.br.

Não é cobrado ingresso para visitar o feirão. Confira as datas, locais e horários do feirão de imóveis da Caixa em 2013:

Data Local Horário
3 a 5 de maio São Paulo (Centro de Exposições Imigrantes) Sexta (10h às 20h); Sábado (10h às 20h); Domingo (10h às 18h)
3 a 5 de maio Fortaleza (Centro de Eventos do Ceará) Sexta (10h às 20h); Sábado (10h às 20h); Domingo (10h às 18h)
17 a 19 de maio Curitiba (Marumby Expo Center) Sexta (10h às 21h); Sábado (10h às 21h); Domingo (9h às 18h)
17 a 19 de maio Uberlândia (Center Convetion) Sexta (10h às 21h); Sábado (10h às 21h); Domingo (10h às 18h)
17 a 19 de maio Rio de Janeiro (Riocenter - pavilhão 4) Sexta (10h às 20h); Sábado (10h às 20h); Domingo (10h às 18h)
17 a 19 de maio Salvador (Centro de Convenções da Bahia) Sexta (10h às 20h); Sábado (10h às 20h); Domingo (10h às 18h)
17 a 19 de maio Brasília (Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade) Sexta (10h às 21h); Sábado (10h às 21h); Domingo (10h às 20h)
24 a 26 de maio Belo Horizonte (Expominas) Sexta (10h às 21h); Sábado (10h às 21h); Domingo (10h às 18h)
24 a 26 de maio Porto Alegre (Centro de Exoposições Fiergs) Sexta (10h às 20h); Sábado (10h às 20h); Domingo (10h às 18h)
24 a 26 de maio Florianópolis (Centro de Convenções de Florianópolis) Sexta (10h às 21h); Sábado (10h às 21h); Domingo (10h às 18h)
14 a 16 de junho Belém (Hangar - Centro de Convenções da Amazônia) Sexta (10h às 20h); Sábado (10h às 20h); Domingo (10h às 18h)
14 a 16 de junho Campinas (Parque D. Pedro Shopping) Sexta (10h às 21h); Sábado (10h às 21h); Domingo (10h às 18h)
14 a 16 de junho Recife (Centro de Convenções de Pernambuco) Sexta (10h às 21h); Sábado (10h às 21h); Domingo (10h às 18h)

Terra