Salão do Automóvel de Detroit

publicidade
17 de janeiro de 2014 • 16h41 • atualizado às 16h49

Fusca "offroad" e Volvo: veja carros estranhos de Detroit

Como o nome já diz, os carros conceito são estudos e ideias que não estão necessariamente prontas para o mercado

 

Como o nome já diz, os carros conceito são estudos e ideias que não estão necessariamente prontas para o mercado. Assim, as fabricantes acertam e erram a mão constantemente. No salão de Detroit não foi diferente, com o Beetle Dune liderando a lista de “estranhices” do evento, que conta também com representantes de Kia, Honda, Lexus e Volvo.

Fusca offroad
Sem grandes novidades de produto, a Volkswagen apresentou no salão uma versão superesportiva do Golf, um conceito de Passat Bluemotion bastante real e elevou ao patamar de estrela o Beetle Dune – um conceito do Fusca pensado para as estradas de terra, areias de praia e montanhas. Contudo, na fria Detroit o carro parecia tão deslocado, que até mesmo o par de esquis colocados na traseira atrapalharam. E a fabricante ainda fez questão de ressaltar que o estudo está “praticamente” pronto para a produção

Kia GT4 Stinger
A sul-coreana apresentou sua proposta para um futuro carro esportivo da marca, que se assemelha a um carro de brinquedo que cresceu de tamanho. No entanto, a Kia já tem tradição de apresentar conceitos estranhos que ganham as ruas com sucesso, como ocorreu com o Kia Soul, que também era um protótipo quando foi apresentado em Detroit há oito anos. Pelo menos, o Stinger vem com motor turbo de 2.0 l, que gera 315 cavalos de potência.

<a data-cke-saved-href="http://economia.terra.com.br/infograficos/salao-detroit-2014/" href="http://economia.terra.com.br/infograficos/salao-detroit-2014/">Salão do Automóvel de Detroit 2014</a>

Volvo Concept XC Coupé
Embora antecipe uma renovação da XC 90, um dos modelos mais vendidos da marca, o conceito da Volvo parece muito distante da produção. Enquanto a traseira parece factível, tirando os detalhes em laranja, a frente é bastante pronunciada, como um nariz adunco, indo contra a aerodinâmica do veículo. 

Honda FCEV
Após a estreia em Los Angeles no ano passado, o protótipo de carro movido a hidrogênio da Honda parece mais longe da realidade que o modelo apresentado pela rival Toyota, o FCV. Ambas montadoras prometem colocar os carros com propulsores alternativos nas ruas em 2015, mas antes a Honda precisa aprimorar o conceito “ultra-aerodinâmico” que foi pensado para FCEV.

Lexus LF-NX
A ideia de esportivo utilitário que a Lexus trouxe a Detroit tem formato agressivo, com grade frontal gigante, vincos profundos, muitos ângulos e olhar de alienígena monstruoso feito em LED. Mas debaixo do capô ele é amigável, com motor a gás de 2.5 litros aliado a propulsor elétrico, com baixo consumo e emissão de poluentes.

Terra Terra