5 eventos ao vivo

Saiba como identificar falhas no seu carro

24 mai 2013
07h17
atualizado às 07h17
  • separator
  • 0
  • comentários

Você está dirigindo normalmente e, do nada, sente uma falha. O que fazer? Correr para o mecânico? Calma, a primeira recomendação é avaliar o que aconteceu com seu automóvel nos momentos anteriores à falha. Depois, a dica é observar se a situação se repete antes de ir a uma oficina. Gasolina adulterada, troca de combustível, fortes pancadas e até lavar o motor podem causar os defeitos.

Um dos principais motivos de falhas nos carros de hoje em dia é em função do combustível. Se você abasteceu em um posto em que não costuma ir e depois o carro começou a engasgar, pode ser combustível adulterado. “Isso é comum acontecer. Infelizmente, temos muitos casos de combustível adulterado que influenciam no funcionamento do motor”, diz Renato Romio, chefe da Divisão de Motores e Veículos do Instituto Mauá de Tecnologia, de São Paulo. Neste caso, o problema deverá acabar na medida em que for completando o tanque com combustível bom.

Outro problema relacionado ao abastecimento é quando há troca significativa de combustível nos veículos flex. Você está usando álcool há bastante tempo e passa para a gasolina, por exemplo. Nestes casos, é possível ser algum defeito no sistema de reconhecimento do combustível. Se a falha persistir por mais de um dia, você precisa procurar assistência.

Está relacionada à parte elétrica outra “pegadinha” da falha. Após passar por buracos ou locais com muita trepidação, é possível que algum conector desencaixe ou fique com mau contato. Se você sentir falhas após o carro sacolejar demais, uma dica é abrir o capô e ver se todos os conectores visíveis estão no lugar. Um simples encaixe pode acabar com o problema. E se o veículo começou a engasgar depois de uma lavagem, algum componente do sistema elétrico pode ter sido molhado. “Motor de carro não se lava. A sujeira que fica no entorno, de certa forma, é até boa porque ajuda nas vedações”, observa Romio.

Mas se você não passou por nenhuma das situações acima e seu carro segue falhando, é bom procurar um especialista. O principal motivo de falha em motores, conforme Romio, é a variação de emissão de poluentes provocada por falta de manutenção, que vai desde limpeza no sistema de injeção até velas estragadas. As velas, aliás, costumam ser as primeiras das listas dos motoristas quando o veículo perde potência. “Se as velas estão com prazo vencido, é aconselhável trocá-las primeiro quando perceber uma falha”. Porém, há dezenas de outras peças que podem estar com defeito, entre eles cabos de velas, bobina, filtro de combustível, filtro de ar e filtro de combustível.

Fonte: Canarinho Press Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade