2 eventos ao vivo

Proposta para regular suspensão rebaixada só sairá em 2014

24 dez 2013
07h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A regularização de carros rebaixados segue proibida no Brasil. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) prorrogou a medida que suspendeu qualquer mudança na documentação dos veículos relacionada à alteração da altura original dos veículos. Interessados em rebaixar o carro precisarão esperar para 2014. O Contran promete apresentar até março de 2014 uma proposta para legalizar este tipo de alteração.

O Contran havia suspendido por 90 dias o prazo de legalização de qualquer alteração na suspensão. A medida, que entrou em vigor em 30 de agosto, impede a regularização das modificações feitas nas características originais do veículo. O prazo se esgotou em dezembro e foi renovado e até o dia 31 de março de 2014. Até lá, todas as emissões do Certificado de Segurança Veicular relacionados ao assunto estão canceladas.

A documentação concedida é pelo Inmetro e permite ao Detran incluir no documento do carro as alterações da estrutura.

Mudança na estrutura

O sistema de suspensão do carro tem como função básica reduzir as irregularidades do solo e oferecer estabilidade durante a condução. Ao alterar este conjunto, que é exaustivamente trabalhado nas fábricas para priorizar o conforto dos passageiros, o motorista corre uma série de riscos. Ao mudar a altura, o veículo perde em conforto, transmitindo mais as irregularidades do solo. Por isso, a prática não é recomendada por montadoras nem por fabricantes de pneus e peças da suspensão. Porém alguns motoristas têm o hábito de alterar essa altura, com o intuito de deixar o carro “mais bonito”. Até agosto passado, era possível buscar a legalização através do Detran.

Veja também:

Eldorado Expresso: Fome no Brasil
Fonte: Canarinho Press Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade