5 eventos ao vivo

Profissionais recomendam kit de primeiros socorros no carro

18 nov 2013
07h13
atualizado às 07h13
  • separator
  • 0
  • comentários

O kit de primeiros socorros não é obrigatório nos carros no Brasil, mas pode ajudar o motorista em situações de emergência, dizem especialistas. Por isso, mesmo sem exigência legal, ele segue sendo vendido em farmácias.

Socorristas profissionais costumam orientar os motoristas a carregarem o kit.  De acordo com orientação da LAMSA, concessionária que administra a Linha Amarela, no Rio de Janeiro, o kit é importante em situações de acidentes com vítimas. Os componentes encontrados no conjunto ajudam a fornecer a proteção necessária ao socorrista (como luvas cirúrgicas) e estancar possíveis sangramentos da vítima com gaze até a chegada da equipe médica. Esses primeiros cuidados, caso sejam bem aplicados, podem ser decisivos para a sobrevivência da vítima.

É importante destacar que o atendimento a feridos deve ser feito somente por pessoas com treinamento. A falta de cuidados no socorro pode agravar lesões. Por isso, o kit deve estar disponível para ser usado por alguém com conhecimento. Em casos de acidentes, a melhor atitude a ser tomada por leigos é colocar luvas e usar a gaze para tentar estancar eventuais sangramentos até a chegada da equipe médica.

Obrigatoriedade

A obrigatoriedade de possuir o kit de primeiros socorros no carro não durou um ano. A Resolução 42 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) de maio de 1998, que tornava obrigatório o porte do kit, foi revogada no dia 14 de abril de 1999. O kit geralmente é composto por ataduras, tesoura, gaze, luva cirúrgica e esparadrapos e pode ser comprado em farmácias.

Fonte: Canarinho Press Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade