Veículos

publicidade
10 de outubro de 2013 • 07h01 • atualizado às 10h21

Agile chega em versão 2014 e ganha pacote esportivo; confira

O modelo tem leves mudança visuais, novo câmbio e será comercializado a partir deste mês apenas em versão topo de linha - pacote visual esportivo também vale para o Sonic

  • Peter Fussy
    Direto de Indaiatuba (SP)
 

A Chevrolet anuncia nesta quinta-feira a chegada do Agile em versão 2014 às concessionárias. O modelo tem leves mudança visuais, novo câmbio e será comercializado a partir deste mês apenas em versão topo de linha, chamada de LTZ. Além disso, a fabricante também mostrou o pacote de visual esportivo "Effect", que poderá ser adquirido para o Agile e para o Sonic.

No interior, a principal diferença no hatch compacto fabricado na Argentina é o volante com base achatada, já com controles de velocidade de cruzeiro, rádio e telefone. Equipado com transmissão automatizada, ele vem também com seletor de marchas, os chamados paddle shifters.

Para se distanciar do Onix, o Agile será vendido apenas com pacote completo, que conta com acendimento automático dos faróis, chave tipo canivete, rádio com CD/MP3/USB, Bluetooth, reconhecimento de voz, discagem automática do celular, entrada auxiliar frontal e novas rodas de alumínio de aro de 16 polegadas.

O motor é o mesmo EconoFlex 1.4 l, que desenvolve 102 cavalos de potência e empurra o veículo até 177 km/h, quando abastecido com etanol. Segundo a fabricante, a transmissão manual de segunda geração foi melhorada e tem engates mais precisos, com mudanças em todas as relações de marchas. Apenas no pacote topo de linha, o Agile passa a custar R$ 42.990 (câmbio manual) e R$ R$ 45.490 (com transmissão automatizada Easytronic).

Effect
O Agile 2014 marca também o lançamento do pacote esportivo Effect, que adiciona rodas escurecidas de liga leve, saias laterais, aerofólio, spoilers dianteiro e traseiro, faróis e lanternas escurecidos, além de adesivos decorativos. No interior, as principais mudanças são detalhes em vermelho e outro revestimento para os bancos. O pacote visual será aplicado apenas nas cores externas branco e vermelho. O preço será de R$ 44.940 (manual) e R$ 47.440 (Easytronic).

Segundo o diretor de marketing da Chevrolet no Brasil, Hermann Mahnke, a média de gasto com acessórios dos clientes da marca em geral foi de R$ 800 em 2012, com destaque para o público jovem que investe um pouco mais, cerca de R$ 1 mil - nestes valores está principalmente o custo do sistema de som. "Já estávamos trabalhando no pacote para o Sonic, quando começamos a reestilizar o Agile. Então o carro já foi pensado para receber a customização", afirmou Mahnke.

O Sonic hatch também poderá ser adquirido com os detalhes esportivos, disponíveis apenas para o modelo na cor branca. Além das pinturas e adesivos, o modelo acrescenta também bancos em couro e o sistema multimídia MyLink com tela LCD de sete polegadas sensível ao toque. Com a roupagem diferenciada, o Sonic não sairá da loja por menos de R$ 58.490, impulsionado pelo motor Ecotec 1.6 l e câmbio automático. A Chrevolet avalia estender o pacote Effect a outros modelos, caso a resposta dos consumidores seja positiva.

O jornalista viajou a convite da Chevrolet.

<a data-cke-saved-href="http://economia.terra.com.br/infograficos/carros-mais-vendidos-brasil/iframe.htm" href="http://economia.terra.com.br/infograficos/carros-mais-vendidos-brasil/iframe.htm">Carros mais vendidos do Brasil</a>
Terra Terra