Economia

publicidade
23 de novembro de 2012 • 11h02

Black Friday aumenta em 200% compras pela internet no Brasil

Brasileiros aproveitam o Black Friday e vão às compras
Foto: Edson Lopes Jr./Terra

O volume de compras realizadas pela internet na manhã desta sexta-feira apresentou um aumento de 200% em relação a movimentação de uma sexta-feira comum, graças ao Black Friday - tradicional dia de promoções após o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos -, segundo informações da consultoria Braspag.

De acordo com a Braspag, o grande volume de vendas mostra que o mercado brasileiro está "adotando a data tradicional de vendas do varejo americano". O Black Friday brasileiro começou nas lojas online a partir da 0h desta sexta-feira, sendo que as lojas físicas do Extra já abriram as portas com mercadorias com até 70% de desconto já na quinta-feira, às 22h.

O Black Friday é o maior evento de descontos do comércio varejista dos Estados Unidos e acontece todos os anos na sexta-feira após o feriado do dia nacional de Ação de Graças (Thanksgiving). O evento dá o pontapé inicial e oficial da temporada de compras de final de ano nos EUA e seu sucesso ocorre em razão dos descontos imperdíveis em um período muito próximo ao Natal. No Brasil, a "Black Friday" chegou em 2010 com exclusividade no comércio eletrônico.

Mais descontos
Além dos supermercados e hipermercados, os Postos Extra participam do Black Friday, assim como as Drogarias Extra, que apresentam descontos de até 90%nos genéricos. As lojas do grupo Pão de Açúcar também entram na onda em todas as 160 lojas da rede espalhadas pelo País. O grupo afirmou que possui descontos entre 20% e 50% em produtos como vinhos, camarão, cervejas especiais e na linha da Casino.

As lojas da rede Imaginarium também estão com descontos de até 60% em suas mercadorias nesta sexta-feira. A empresa espera dobrar o volume de vendas com relação ao mesmo dia do ano passado. A General Motors (GM) anunciou carros mais baratos para esta sexta-feira, mas não informou de quanto são os descontos. As lojas Pernambucanas, Ricardo Eletro e Insinuante também estão com preços menores em suas lojas.

A rede de departamentos Havan participa pela primeira vez, com descontos de até 50%, de acordo com a empresa. A ação envolve todas as lojas da rede em Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Mato Grosso. Com o pontapé inicial, a expectativa da Havan é de aumentar as vendas em 50% até o Natal.

A marca de eletrodomésticos KitchenAid anunciou descontos que chegam a 40% nesta sexta-feira. Entre os produtos selecionados estão uma batedeira de mão com dois batedores turbos e um agitador de R$ 390 por R$ 234. De acordo com a empresa, todos os eletrodomésticos, como refrigeradores, máquina de lavar louça, fornos, gavetas, entre outros, estão com 20% de desconto, nas lojas da alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1241 e no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo.

Internet
A rede SaveMe agregou ofertas de dezenas de lojas online nesta sexta-feira, com descontos de até 90%. A empresa espera superar a marca de R$ 100 milhões em negócios, atingida em 2011. Participam da ação as lojas Americanas, Saraiva, Carrefour, Extra, Casas Bahia, TAM, Groupon, Dell, Apple, entre outras.

Um dos maiores agregadores de ofertas na Black Friday brasileira é o Busca Descontos. É possível adquirir produtos em lojas virtuais de empresas como Walmart, Magazine Luiza, Netshoes, Fnac, Submarino, entre outras, com descontos de até 70%, segundo os organizadores.

No MagazineLuiza.com, os clientes podem comprar produtos com até 60% de descontos. De acordo com a empresa, são cerca de 3 mil itens em oferta, de eletrônicos a móveis, passando pelos setores de perfumaria, brinquedos, informática, entre outros. A rede ainda possui um sistema de reconhecimento facial via webcam ou cliques, no qual o consumidor pode escolher se troca esse desconto inicial por outro ou não. As ofertas são válidas durante as 24h desta sexta feira.

No segmento de móveis, decoração e artigos para a casa, a Mobly oferece descontos de até 70%, segundo sua assessoria. A promoção é válida apenas até à 0h desta sexta-feira. Entre os itens com preço reduzido estão guarda-roupa 6 portas de R$ 2.300 por R$ 1.140 e cadeira dobrável de R$ 128 por R$ 62. A terceira edição do Black Friday brasileiro deve movimentar cerca de R$ 150 milhões em vendas apenas no comércio eletrônico.

Já no segmento de computadores, a Dell anunciou que toda a sua linha de computadores para usuários finais (notebooks, ultrabooks, desktops e All-in-One) possuem descontos que podem chegar a até R$ 1 mil nos canais de atendimento direto da Dell - loja online (www.dell.com.br), central de vendas (0800 701 1268) ou pelo chat.

Em roupas e acessórios, o Brandsclub participa pelo segundo ano, ofertando marcas como Colcci Top, CK Underwear, Sumemo, Brinox e Loungerie, com descontos de até 90% durante a Black Friday. "A data já está no calendário dos brasileiros e possui um alto volume de vendas, sendo tão importante quanto o Natal", afirmou em nota André Ghion, CEO do Brandsclub.

Pelo segundo ano, o MercadoLivre participará da Black Friday, com descontos de até 30% em compras realizadas durante toda esta sexta-feira. Entre os produtos oferecidos, estão artigos de informática, eletrônicos, games, celulares, câmeras, brinquedos, artigos de saúde, beleza e fitness. Há carrinhos de bebês e perfumes importados por R$ 149 e até alguns dos mais recentes lançamentos em smartphones, segundo a companhia.

Terra