Economia

publicidade
09 de maio de 2012 • 08h39

Azul lança programa para formação de pilotos; veja como se inscrever

A Azul lançou na manhã desta quarta-feira um curso de formação de pilotos e comissários denominado Academia de Serviços Azul (ASA). Segundo a empresa, trata-se de um programa para acelerar o processo de formação dos profissionais da área. Embora a contratação não esteja garantida, a expectativa é que todos os profissionais formados passem a integrar a equipe da empresa após o curso. A primeira turma deve formar 25 comissários e 20 pilotos e as aulas começam nos meses de junho e julho. As inscrições começam nesta quarta.

"A academia visa formar capital humano para trabalhar na empresa no futuro", diz o diretor de comunicação e marca da Azul, Gianfranco Betting. "A aviação brasileira não vem formando profissionais de acordo com o mercado. Já estamos precisando de pessoal qualificado para fazer parte da tripulação da Azul", diz o presidente da empresa, David Neeleman.

O curso para pilotos oferecido em parceria com a EJ- Escola de Aeronáutica Civil durará dez meses e será realizado de segunda a sexta no período da manhã e da tarde. Ele é composto de quatro etapas. A primeira, que exige a presença em um curso teórico e realização de exames exigidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) dentre outros requisitos, culmina numa avaliação de potencial de voo da Anac, tem custo de R$ 4,910 e deve ser totalmente custeada pelo aluno. Para as outras etapas, com custo avaliado em R$ 81.670 (sem acomodação e alimentação), será possível obter um financiamento de até 60 meses, com taxas de 1,89% ao mês, com o banco Santander.

Apesar do alto custo, de acordo com o presidente da Azul, caso um aluno se destaque e não tenha como arcar com o valor, a empresa poderá oferecer uma bolsa de estudos. A expectativa é que o aluno tenha como arcar com parte do financiamento após ser contratado pelaempresa. O curso será realizado em Itápolis (SP). O curso de formação de comissários terá duração de quatro meses, curso médio de R$ 2 mil e será realizado em Barueri (SP).

"Nossa expectativa é que qualquer pessoa no Brasil que queira ser piloto possa ser", diz Neeleman. Questionado sobre o alto custo do curso - durante os dez meses o estudante terá que arcar com parcelas de cerca de R$ 2 mil - ele disse que a empresa não quer ganhar dinheiro com a empreitada, mas formar profissionais qualificados. "Vamos formar um número de profissionais que atenda às nossas necessidades de mercado, não estamos criando profissionais para a concorrência", diz.

Serviço
As inscrições para o curso de formação de pilotos e comissários da Azul estão abertas dessa quarta-feira e vão até o dia 20 de maio e podem ser feitas pelo site.

Os candidatos para curso de pilotos precisam ter 18 anos, ensino médio e inglês intermediário. Para comissários, não é exigido inglês. O processo de seleção para os dois cargos é composto de duas avaliações.

Terra