publicidade
12 de fevereiro de 2013 • 19h12

Autoridades do FED pressionam por revisão dura do mercado dos EUA

ECONOMIA - Instituições

 

Doze das principais autoridades do Federal Reserve dos EUA (FED) jogaram água fria sobre uma ideia apoiada pela indústria de estabilizar os fundos mútuos do mercado financeiro, sugerindo em uma carta que medidas mais agressivas deveriam ser tomadas para proteger os investidores de pânicos em épocas de crise.

Em uma carta enviada para o principal conselho de risco dos EUA, os presidentes de todos os 12 bancos regionais do FED disseram que havia um número de reformas mais duras atualmente sendo consideradas que poderiam salvaguardar a indústria de cerca de US$ 2,6 trilhões. Empresas de fundo poderiam ter permissão de oferecer proteções diferentes para diferentes fundos, disseram.

Mas propostas para simplesmente implementar restrições para retiradas temporárias sobre os fundos estavam aquém do necessário, disseram as autoridades do FED ao Conselho de Supervisão da Estabilidade Financeira.

No mês passado, o Investment Company Institute, o principal grupo da gestão de ativos da indústria, esboçou apenas um plano limitado e ofereceu poucos compromissos. "Não acreditamos que essa proposta de reforma contenha os elementos fundamentais necessários para lidar com os riscos de estabilidade financeira colocados pelos fundos do mercado", disseram os oficiais do FED.

Reuters News